O que é Mountain Bike na prática? Descubra com a FKS

Mountain Bike ou MTB, como é muito conhecida, é uma modalidade presente no ciclismo que dá nome, também, à bicicleta. A modalidade consiste em vencer obstáculos e transpor percursos bem acidentados em terrenos de chão fazendo manobras radicais e alcançando alta velocidade. Para isso, usa-se a MTB, mas ela também pode ser usada para outras finalidades, depende da necessidade do ciclista.

Os praticantes do esporte são chamados de mountain bikers ou apenas ciclistas, como todos os outros das modalidades restantes. São pessoas que amam novos desafios e aventuras, ultrapassando barreiras e superando seus próprios limites.

Dentro dessa modalidade, existem submodalidades. Isso mesmo! São categorias dentro dessa ramificação do ciclismo. Essas são o All Mountain, Bike Trial, Bikepacking, BMX, Downhill, Enduro, Freeride, MTB Urbana e XCO. Alguns até confundem algumas delas, achando que são a mesma coisa, mas um mountain biker de verdade sabe quais são as sutis diferenças, assim como tudo o que elas precisam para serem realizadas, suas regras, locais de competição, prática, entre outros.

Como é a bicicleta Mountain Bike? FKS explica!

ciclista pedalando com mountain bike fks vermelha em trilha de areia

Agora que você já sabe o que é Mountain Bike como esporte, é hora de conhecer o seu equipamento principal, ou seja, a bike! Entre os tipos de bicicletas, essas costumam ser mais reforçadas em determinadas partes para aguentar o percurso acidentado, seus impactos e para oferecer segurança ao praticante. Por percurso acidentado, nos referimos não apenas a estradas de chão, mas trilhas no meio de matas, singletracks, asfaltos, estradas rurais e muito mais.

Sendo assim, ela deve ser leve para que o ciclista possa pedalar com bom controle e para que ela tenha alto desempenho em velocidade, que seja fácil de manobrar, de fazer desvios, sem que o ciclista precise se preocupar tanto com o cansaço pelo peso da bike. Assim, deve ter bons freios hidráulicos, suspensões perfeitamente tecnológicas, entre outros.

Frisa-se que deve oferecer muito conforto, afinal os terrenos podem não ser completamente lisos, então realizar saltos, desvios e outros movimentos em uma bike desconfortável pode machucar o desportista.

Além disso, outras qualidades são extremamente necessárias, como rigidez, confiabilidade e durabilidade. Uma bike que não passa nada disso não é segura e não serve para o MTB!

Materiais das MTB

guidão de mountain bike vermelha fks

As matérias-primas mais comuns para a produção dessas bikes são carbono, alumínio, aço e titânio. Esses metais têm ligas resistentes e seguras o suficiente. Mas que fique claro que cada fabricante pode mudar o modo como a estrutura desses é moldada. Um dos mais usados é o alumínio, visto que esse é bem leve, barato e tem alta durabilidade. Em conforto, no entanto, o titânio ganha disparado.

Suspensão das MTB

suspensão de mountain bike fks preta e laranja

O que é uma Mountain Bike se não tiver boa suspensão e amortecimento? Nada! Ou, no mínimo, muito perigosa para a prática. Basicamente, suas suspensões se dividem em dois grandes grupos: Hardtails e Full Suspensions.

Os modelos hardtail possuem suspensão na roda dianteira, ou seja, tem a traseira bem mais rígida. O amortecimento fica ligado ao garfo dessa. Elas costumam ser bem mais ágeis, só que nas descidas mais técnicas isso pode ser um problema, visto que pode acontecer certo descontrole.

Quando falamos das bicicletas full suspensions, temos as duas rodas com esse sistema. Costumam ser mais pesadas, mas são bem confortáveis e oferecem alta performance em percursos técnicos e cheios de impactos.

Sistema de transmissão das MTB

sistema de transmissão de mountain bike fks

O sistema de transmissão dessas bikes transmitem a energia aplicada nas pedaladas para as rodas, ou seja, é o que faz a bicicleta andar. No caso, ele é formado por muitas partes essenciais para que tudo funcione corretamente.

A primeira parte é a pedivela, geralmente com 3 coroas, cada uma com uma função importante. Uma delas é para que a bike alcance velocidades altas, a outra é para passeios e a última que é essencial para subidas mais íngremes. Essas 3 coroas permitem que a bike tenha de 18 a 30 velocidades. Mas também têm modelos com 2 ou 1 coroa – lançado mais recentemente. Outra parte é o cassete, que pode ter de 11 a 36 ou 42 dentes. Se for um sistema com 11 velocidades, o cassete pode ter 11 e 46 dentes.

Freios hidráulicos MTB

freio hidráulico de mountain bike fks

O sistema de freios hidráulicos de bicicletas são acionados pelo sistema de rotores, um acionamento das pinças de forma hidráulica. Para a modalidade, esse sistema costuma ser muito mais eficiente do que o freio a disco, por exemplo. Mesmo que possa ser considerado um pouco ultrapassado agora.

Pneus MTB

pneu de mountain bike fks

Os pneus para o Mountain Bike costumam ser mais grossos para suportar todos os atritos e impactos da prática. Apesar disso, cada submodalidade tem um tipo específico, principalmente devido ao tipo de terreno. Ele também deve oferecer conforto e estabilidade para que o ciclista consiga seu melhor desempenho.

Agora que você já sabe mais sobre o que é Mountain Bike, o que acha de começar a se preparar para praticar o esporte ou ficar ainda melhor nele? Siga sempre o blog da FKS Bike e nossas redes sociais para ficar por dentro de novidades do mundo do ciclismo, conhecer mais sobre os equipamentos e outros assuntos pertinentes. Até!

Deixe um comentário