Como aumentar a resistência para pedalar: 5 dicas da FKS!

Assim como em todo esporte, quem optou por praticar o ciclismo precisa ter preparo físico para aguentar a intensidade da atividade na sua rotina de treinos. Claro que qualquer pessoa pode fazer um passeio leve de bike pela cidade ou usar a bicicleta como meio de transporte para ir trabalhar, por exemplo, sem grande preparo físico. Mas para quem quer adotar o ciclismo como um hábito saudável, é de suma importância aprender como aumentar a resistência para pedalar e, assim, atingir os resultados esperados.

Por isso, nós da FKS Bikes, preparamos esse post com 5 dicas para você melhorar o seu preparo físico para seus treinos de pedal. Confira!

5 dicas para você melhorar sua resistência para os treinos de pedal!

ciclista de costas observando vista montanhosa

Pedalar, sem dúvidas, é um dos exercícios mais prazerosos de se realizar, afinal, quando estamos pedalamos, além de liberar muita endorfina, você ainda aproveita as paisagens da sua cidade, sente o vento no rosto e experimenta uma incrível sensação de liberdade.

Mas até que você possa sentir tudo isso e aproveitar todos os benefícios de andar de bike, você precisa se acostumar e ter a resistência necessária para que o treino seja, de fato, prazeroso. Até lá, pode ser que você sofra um pouco, acorde com o corpo doído no dia seguinte, principalmente as pernas, que são os membros mais utilizados no exercício.

Você só não pode desistir logo nas primeiras semanas, pois, com o passar do tempo, você irá se acostumando e criando resistência para treinos mais longos e prazerosos. Aí já entramos em nossa primeira dica:

1 – Mantenha a constância nos seus treinos!

Sim, a constância é realmente a chave para o sucesso para qualquer coisa que você se proponha a fazer. Afinal, quanto mais praticamos determinada atividade, melhor a executamos com o passar do tempo.

Por isso, decidiu começar a pedalar, escolheu uma bike, investiu em acessórios e separou dias e horários para pedalar dentro da sua rotina para pedalar, a nossa dica é: não desista!

Não pule seus dias de treino, por mais cansado que você esteja, tente manter sua rotina de treinos. Afinal, é justamente nesses momentos que estamos cansados e pulamos dias de treinos que podemos iniciar um processo de abandono do nosso objetivo inicial. Por isso, dê continuidade na sua prática.

2 – Sempre se alongue antes e depois dos seus treinos

Não é de hoje que os profissionais de educação física afirmam que os alongamentos são muito importantes para o nosso corpo. Por isso, a nossa segunda dica é justamente essa: alongue-se sempre!

Alongar os músculos antes e depois do treino é fundamental para diminuir a sensação de dor que temos nos dias seguintes ao treino.

Quando alonga um músculo, você está o preparando para o exercício, aumentando a sua capacidade para a atividade. Para os treinos de bike é muito importante que você dê uma atenção especial para os músculos da perna, principalmente das coxas e das panturrilhas.

3 – Pratique exercícios de respiração para melhorar o fôlego

ciclista sentado ao lado de bicicleta em ambiente de trilha

Além de dar atenção para os músculos, que são fundamentais para os treinos de pedal, você também precisa dar atenção para a sua respiração. Afinal, o nosso cérebro e os nossos músculos precisam de oxigenação e só poderão realizar essa função quando há uma quantidade de ar suficiente no seu pulmão em relação à quantidade de energia gasta no exercício.

Aprender a respirar corretamente, com certeza, vai te ajudar e muito para aumentar a sua resistência e, assim, ir mais longe nos seus treinos. O normal em nosso movimento de respiração é sempre inspirar e expirar pelo nariz (quando estamos estáticos ou apenas executando atividades simples), contudo, quando estamos fazendo um exercício de alta intensidade, como é o caso do ciclismo, nem sempre isso é possível.

A nossa dica é sempre manter a sua respiração inspirando pelo nariz e expirando pela boca. Nunca ao contrário!

Também não é indicado que você respire somente pela boca, que é um mecanismo instintivo quando ficamos cansados, afinal, isso pode causar problemas na garganta, já que o ar passará direto por ela durante toda a duração do exercício e isso não é nada indicado, além de não te ajudar no aumento da sua resistência.

Outra dica importante com relação a esse tópico é sempre respirar fundo, alongando o movimento da respiração e expandindo a capacidade do seu pulmão.

O nosso pulmão tem bastante capacidade para o armazenamento de ar, porém, quase nunca a utilizamos de forma plena. E a melhor maneira de expandi-lo é se exercitando e respirando da forma correta. Claro que você deve “treinar” o seu pulmão devagar para que possa ir se acostumando aos poucos com a sua expansão e, assim, não ter problemas com uma mudança brusca de hábitos.

4 – Invista em treinamento funcional e exercícios aeróbicos

homem fazendo atividade funcional

Outra dica válida para aumentar a sua resistência nos seus treinos de bike é tirar um tempo para praticar exercícios funcionais e aeróbicos.

Se você tiver um tempinho na sua semana, é válido investir em treinos de corrida, seja em uma esteira ou em pistas de caminhada, por exemplo. Ou, se preferir, você também pode investir em exercícios funcionais para fortalecimento dos músculos, principalmente das suas pernas, como o agachamento (The Squat) e o box jump (exercício de pular na caixa), por exemplo.

Claro, que para a prática desses exercícios é sempre bom a orientação de um profissional, caso você não os conheça e nunca tenha praticado.

5 – Alimente-se corretamente para otimizar seus treinos

A alimentação correta é muito importante para qualquer pessoa que pratique ou não algum tipo de exercício, e merecia um post inteiro para que você entenda mais a fundo o assunto.

Mas, resumidamente, a nossa dica é: alimente-se de forma equilibrada, dando preferência para alimentos naturais e frescos ao invés de processados e industrializados, afinal, o que ingerimos durante o nosso dia será o nosso combustível para os exercícios que iremos praticar.

Apesar do nosso cérebro ser tendencioso em procurar alimentos mais calóricos quando sente que precisa de energia, como as frituras e os doces, pode ter certeza que optar por comer abacate, manga ou bananas antes dos treinos será muito melhor para o seu corpo do que um pacote de bolachas recheadas e uma lata de refrigerante.

A escolha correta dos alimentos, sem dúvidas, influenciará na sua resistência para os treinos de pedal, já que o que você come também interfere na capacidade do seu corpo, além de te ajudar a alcançar a boa forma.

ciclista pedalando em trilha rochosa

Outra dica válida é nunca pedale com o estômago muito cheio. Isso pode te causar uma indigestão e até mesmo fazer você passar mal durante o trajeto.

Então, nada de encher a barriga com um 1 litro daquela deliciosa vitamina de frutas antes de ir treinar. Caso sinta que está muito cheio, aguarde pelo menos 1 hora antes de iniciar a atividade para evitar problemas digestivos no meio do percurso.

E se achar que irá sentir fome em pouco tempo, leve uma fruta ou uma barrinha de cereal para comer quando estiver vindo embora do treino. Ah, não esqueça de levar a sua garrafinha de água, afinal, você também precisará se hidratar bem depois pedalar por um tempo.

E aí, gostou das nossas dicas para aumentar a resistência na hora de pedalar? Fique sempre ligado e confira outras dicas valiosas para melhorar seus treinos aqui no blog da FKS!

Deixe um comentário