Capacete de ciclismo: como escolher? 4 Dicas para não errar!

Andar de bicicleta é uma atividade tão antiga que já é parte da nossa cultura, tanto que grande parte das pessoas aprendem a pedalar na infância, sendo algo tão natural que é escolhido como meio de transporte para muita gente, mesmo existindo muitos outros disponíveis, afinal, as bikes são ótimas para quem não precisa percorrer grandes distâncias para ir para o trabalho, por exemplo.

Mas além de ser um meio de transporte também é uma opção para quem busca uma atividade física para se manter em forma, uma modalidade esportiva para competir ou um hobby para se livrar do estresse do dia a dia. Mas independente da forma que o ciclista for usar a sua bike, é preciso se proteger com os acessórios corretos para estar preparado em casos de possíveis acidentes como desequilíbrios ou escorregões. Pensando nisso, a FKS quer trazer para você dicas práticas sobre como escolher um capacete de ciclismo para você proteger a parte mais importante do seu corpo, que é a sua cabeça. Confira a seguir!

Afinal, como escolher um capacete de ciclismo ideal para você?

homem ciclista segurando o capacete e paisagem montanhosa no fundo

A finalidade do capacete de ciclismo é justamente proteger o crânio do ciclista de possíveis impactos em casos de acidentes durante o percurso. Por isso, o primeiro aspecto que você deve levar em consideração é escolher um capacete que se ajuste corretamente ao tamanho da sua cabeça, pois um capacete maior ou menor pode não proporcionar a mesma eficiência ao proteger. Sabendo disso, é hora de ir para as nossas dicas!

Dica 1: Escolha o modelo de capacete de sua preferência!

Primeiramente, é preciso entender que existem diversos modelos de capacetes que oferecem estruturas diferentes.

Além disso, os cascos podem ser internos ou externos. Os externos podem possuir diferentes materiais que vão do plástico abs à fibra de vidro e o carbono. Já os cascos internos, sempre são fabricados em plástico. A principal diferença está no material dos outros componentes que são colocados entre ele, o plástico e o restante da estrutura do capacete.

Mas, agora, confira os diferentes capacetes disponíveis:

  • Capacete Aberto

homem ciclista olhando para o lado usando capacete vermelho aberto

Chamado também de capacete “meia concha” por seu design aberto que foca na proteção superior da cabeça, o capacete aberto é um dos modelos mais usados por ciclistas urbanos. Isso por que ele é prático de ser colocado e ajustado à cabeça. Além disso, muitos ciclistas acham este modelo mais bonito, já que o mercado oferece uma incrível variedade de opções com estilo e cores diferentes.

Além disso, eles são projetados para oferecer uma melhor aerodinâmica nas pedaladas e alguns modelos vêm com aba removível que pode também proteger o ciclista do sol.

  • Capacete Coquinho

ciclista sem camisa com capacete coquinho fazendo manobra radical com sua bicicleta

Outro modelo muito utilizado é capacete coquinho, que tem esse nome por possuir uma estrutura mais fechada e achatada na parte superior, lembrando um formato de um coco. Este também um modelo bastante utilizado no perímetro urbano, contudo, é frequentemente usado em circuitos de competição ou dentro da modalidade radical, praticada em pistas.

  • Capacete Fechado

ciclista masculino usando capacete fechado e fazendo manobra radical

O capacete fechado dificilmente é o escolhido por quem utiliza a bike como meio de transporte, já que é um estilo de capacete totalmente fechado, como são os capacetes para motos. São usados para modalidades radicais, que envolvem alta velocidade ou grandes alturas, como, por exemplo, nas competições em trilhas, no estilo BMX e também para quem prefere fazer manobras em pistas.

  • Capacete de Pista

Este é modelo menos usado, afinal, ele é totalmente diferente dos anteriores, são itens completamente fechados e com uma aerodinâmica para oferecer alta velocidade, os modelos são mais caros e usados apenas para competições de velocidade.

Agora, que você conhece os modelos disponíveis, você precisa escolher baseado na finalidade e também em quanto quer investir um capacete de ciclismo.

Dica 2: Pense na sua segurança aliada ao conforto!

É óbvio que você estará escolhendo um capacete que te ofereça proteção acima de qualquer outro fator, mas com tantos modelos no mercado você também deve considerar o conforto como um fator decisivo na hora de escolher o seu capacete.

Neste quesito, é preciso que o capacete se encaixe corretamente na cabeça e que possua fitas de fixação que possam ser reguladas e ajustadas. Dessa forma, o capacete deve permanecer firme na cabeça, porém, sem ficar apertado em nenhum dos lados.

O tamanho é fundamental não só para o conforto, mas também para a proteção adequada, conforme já falamos anteriormente. Por isso, para saber o tamanho ideal do capacete, você precisará medir a circunferência do seu crânio com uma fita métrica no ponto de 2,5cm acima de sua sobrancelha. Então, verifique os tamanhos informados pelo fabricante para encontrar o capacete ideal para você.

Dica 3: Confira o sistema de ventilação do capacete

capacete fks preto com sistema de ventilação aberta

Este também é um item importante, afinal, andar de bike aquece o corpo e nos faz suar bastante, por isso, é fundamental escolher um capacete que ofereça a ventilação adequada. E não é somente por uma questão de conforto, pois utilizar um capacete que não ofereça a transpiração adequada para o couro cabeludo pode ser bastante prejudicial para a saúde, ainda mais quando estamos falando de treinos de bike mais longos, como é a realização de um exercício.

Portanto, opte por um capacete que possua diversas entradas e saídas de ar, proporcionando assim a ventilação necessária para que você fique sempre de cabeça fresca.

Dica 4: Confira as opções de ajustes do capacete

ciclista feminina olhando ajustando capacete fks

Não é apenas usar o capacete, mas também saber usá-lo corretamente para ter o conforto e a proteção adequada para suas pedaladas. A maioria dos capacetes disponíveis hoje em dia têm um item de regulagem na parte de trás. E é de suma importância que este esteja ajustado corretamente para atender às suas necessidades e nunca fique apertado ou folgado demais.

Além disso, as opções de ajustes devem manter o capacete sempre na posição central, trazendo a firmeza que ajudará a mantê-lo no lugar em trepidações, por exemplo.

As fitas de regulagem e fixação também devem estar ajustadas ao tamanho correto que a sua cabeça necessita. Suas orelhas devem estar no meio do “triângulo” lateral que as fitas formam, deixando as pontas de encontro destas duas faixas logo abaixo da orelha, próximo à mandíbula.

A parte que passa por debaixo do seu queixo não deve ficar muito firme e nem muito solta, para te trazer o conforto ideal. É recomendado uma folga de 2 dedos, o que será suficiente para manter o item de proteção na sua cabeça e não lhe causar desconforto.

E, para uma proteção completa ao andar de bike independentemente da modalidade escolhida, é preciso usar não somente o capacete, mas também todos os outros acessórios de proteção disponíveis, como luvas, óculos, joelheiras e cotoveleiras.

Após analisar todos estes aspectos importantes, com certeza, você terá os subsídios necessários para a escolha de um ótimo equipamento que lhe proporcionará a segurança necessária. E aí, gostou das nossas dicas? Continue acompanhando nosso blog para se aprofundar no universo do ciclismo com a FKS Bike!

Deixe um comentário