Aço carbono ou alumínio: qual o melhor para bikes?

Atualmente, existem milhares de bikes disponíveis no mercado que variam não somente no preço mas também na qualidade dos materiais utilizados nas peças da bicicleta. E quando consideramos esses materiais, é de conhecimento popular que o aço carbono e o alumínio são os mais utilizados na indústria do ciclismo.

Mas você sabe quais as diferenças entre eles para a fabricação de bikes? Vem com a gente, acompanhe esse post e confira tudo sobre esses tipos de materiais!

Aço carbono ou alumínio: conheça as diferenças!

Quando falamos em aço carbono e alumínio para bikes, estamos considerando os quadros das bicicletas, que é uma das maiores partes da bicicleta e também é o que conecta as outras partes. Então, quando vamos escolher uma bike, é fundamental analisarmos as vantagens e desvantagens de cada material para escolher o melhor para a sua prática de ciclismo. Então, vamos lá?!

imagem de ciclista pedalando em morro

Peso da bicicleta: alumínio ou carbono?

É muito comum ouvir que a fibra de carbono é o material mais leve disponível atualmente no mercado de bicicletas, contudo, existem alguns tipos de alumínios que conseguem se equiparar no peso.

Mas é claro que, em moldes gerais, o aço carbono leva vantagem nesse quesito, visto que a matéria prima utilizada nas fibras de carbono é o polímero de poliacrilonitrila, um elemento obtido a partir da polimerização do acrílico, resultando em um material nobre que entrega rigidez e leveza, ideal para a fabricação dos quadros de bicicletas.

Porém, essa vantagem não é tão grande assim, visto que o alumínio também é um material leve e resistente, proporcionando diversos quadros de baixíssimo peso no mercado de bikes.

Outro fator que influenciará nessa questão é o tipo de bike que você está comprando e também do que são feitos os outros componentes. As mountain bikes são maiores e mais pesadas que as bikes speed, por exemplo, visto que elas possuem rodas e pneus mais largos.

foto de baixo para cima de bike

Resistência do quadro: carbono ou alumínio?

É fato que os quadros confeccionados em ligas de alumínio são muito mais fortes e oferecem muita resistência para a bike, visto que se trata de um material mais robusto em comparação aos quadros de fibra de carbono.

A fibra de carbono é composta por fios de carbono trançados e unidos que formam uma “rede”, que oferece muita durabilidade, desde que a bike não sofra pancadas muito fortes. Então, em uma possível queda, é possível que o quadro de carbono saia mais danificado do que o quadro de alumínio.

E dependendo da pancada que o quadro sofrer, o carbono é muito mais suscetível a rachaduras, impossibilitando que você continue usando a bike normalmente. Isso não significa que o alumínio seja indestrutível, ou seja, ele também pode trincar com um golpe muito forte. No entanto, certamente o alumínio levará vantagem no quesito resistência.

Claro que se você cuidar da sua bike, realizar as manutenções necessárias, sempre guardá-la corretamente sem deixá-la exposta às variações climáticas e não sofrer nenhum acidente, sua bicicleta durará por bastante tempo, independente do material que ela foi fabricada.

Desempenho: aço carbono ou alumínio?

Já com relação ao desempenho referente a usabilidade da bike, de fato, podemos dizer que as bikes feitas de aço carbono podem ser muito mais velozes por serem muito mais leves.

Além disso, os quadros de carbono são mais rígidos e finos, o que também confere maior aerodinâmica para a bike, proporcionando respostas melhores quando consideramos o aproveitamento de energia. Então, aqui, o carbono leva vantagem, sendo mais indicado para quem busca melhorar a performance.

Contudo, se você quer aliar resistência ao desempenho, o alumínio é a melhor escolha para ciclistas amadores que ainda estão se descobrindo nas aventuras sobre duas rodas.

Isso se dá ao fato de que eles sempre correm mais riscos de encostar a bike acidentalmente em algum obstáculo a sua frente ou mesmo deixar a bike escorregar, então, uma bike de alumínio será a melhor opção para resistir aos leves obstáculos para quem está começando.

foto aproximada de quadro da bike

Preço: alumínio ou aço carbono?

Quando falamos em preço, um fator que também influenciará a decisão de quem pretende investir em uma bike, os quadros de alumínio sempre levam vantagem por oferecerem diversas faixas de preços no mercado.

Isto é, você vai encontrar quadros de alumínio a partir da faixa de R$200,00 até os que custam mais de R$2000,00, te proporcionando maior possibilidade de escolha. Já os quadros de fibra de carbono possuem valores mais elevados, podendo custar até mais de R$10.000,00 dependendo da marca e do modelo.

Então, aqui vale a pena avaliar o quanto você está disposto a investir em uma bicicleta para basear a sua escolha.

Alumínio ou aço carbono: qual escolher?

Seguindo a ideia do preço, na qual você avaliará quanto estaria disposto a investir na sua bicicleta, também é importante avaliar qual é a finalidade que você dará para sua bike: alta velocidade no ciclismo de estrada, desafios no estilo Mountain Bike, meio de transporte no perímetro urbano ou apenas para lazer aos finais de semana?

Ao obter essa resposta, confira a melhor opção de quadro para cada finalidade:

zoom de quadro de bike

  • Pedal recreativo: escolha o alumínio;
  • Pedal de estrada: melhor opção o carbono;
  • Cicloturismo: escolha o alumínio;
  • Trilhas em meio a natureza: ambos, porém o alumínio é mais resistente.
  • Bike como meio de transporte: ambos, mas os quadros de alumínio são mais baratos.

Independente da sua escolha, lembre-se sempre de utilizar os itens de segurança, como capacete, óculos, luvas, faróis e piscas, mantenha sua bike sempre lubrificada e regulada e o mais importante: aproveite o percurso e relaxe! E para outras dicas sobre bikes, não deixe de nos acompanhar!

1 comentário em “Aço carbono ou alumínio: qual o melhor para bikes?”

Deixe um comentário